FANDOM


This article, Saga Mundo dos Demônios (DBAW), is property of MattNG.

A Saga Mundos dos Demônios é a primeira saga da fanfiction Dragon Ball Another Way . Ela começa quando o Kaioshin do Leste vem acompanhado do novo Kaioshin do Oeste e Kibito para pedir que os guerreiros da Terra os ajudem. 

A trama principal é sobre Dabura e  Makai, e como os guerreiros lidam com todos os demônios que tentam lhes impedir de trazer aquele deveria ser um Kaioshin de volta.

HistóriaEdit

A ChegadaEdit

Quando os Kaioshins chegam ao templo sagrado, pedem a Dende que lhes apresente os maiores guerreiros de seu planeta. A explicação era muito simples: eles precisavam da maior força que conseguissem achar para ir até o Mundo dos Demônios, pois pisar lá já seria descumprir o trato que haviam feito com o atual Makaioshin , e isso já seria guerra. Rapidamente Gohan, Piccolo, Vegeta, Yamcha, Tenshinhan e Kuririn são chamados.

Tenshinhan recusa, pois havia abandonado a vida das artes marciais. O mesmo havia acontecido com Vegeta, que não sentia mais a mínima vontade de lutar após a morte de Goku. Yamcha quis recusar, mas se sentiu pressionado por Kuririn já que o time tinha dois à menos.

O Grande Senhor Kaio explica a Gohan a importância de um Kaioshin e o quanto sua ajuda era requisitada, sendo assim, o jovem não pôde recusar. A equipe é formada: Kaioshins do Leste e Oeste, Kibito, Piccolo, Kuririn, Yamcha e Gohan. 

O Mundo dos Demônios

SDemons6

Primeiros demônios a atacar.

Para a surpresa de todos, Kibito já sabia o teletransporte, o que facilitou para que todos chegassem lá em questão de segundos. Os Guerreiros Z (ao menos os antigos) são avisados que "Dabura" (o atual Makaioshin já deveria ter sentido suas energias e que em pouco tempo seriam atacados. E estavam certos. Em questão de segundos dúzias de demônios começaram ataques desleixados, mas todos foram facilmente vencidos pelos guerreiros.

Após a fácil vitória, o Kaioshin do Leste diz se lembrar onde é o castelo de Dabura e que todos deveriam seguí-lo. Kibito lembra que não podem chegar lá de teletransporte, pois o Makaioshin guardava uma técnica chamada "Inferno Instantâneo" que poderia levar qualquer teletransporte usado dentro do mundo dos demônios para qualquer lugar que ele quisesse (isso poderia matá-los em qualquer momento).

Depois de muitos minutos de vôo (e a nada agradável vista de lavas, vulcões e coisas do gênero) eles são interceptados por um dêmonio chamado Haku, que se diz o quinto cavaleiro demôniaco de Dabura, e que havia sido enviado para impedí-los de chegar até o castelo. Aquele que se dispõe a lutar é Piccolo.

A batalha é bem rápida, pois segundo Piccolo o tal Haku tinha uma força semelhante à de Freeza em sua última forma, e este já havia sido superado há muito tempo. O Namekuseijin mata o demônio com um Makankosappo sem muita força, mas admite estar surpreso por haver guerreiros tão fortes escondidos pelo mundo (e aquele era só o começo).

O Primeiro EncontroEdit

SandmanFather

Dabura.

Após a derrota de Haku, os guerreiros seguiram seu caminho até o castelo. Mais alguns minutos e foram novamente interceptados, mas dessa vez por pessoas mais interessantes. O "Kaioshin sequestrado" (acompanhado de seu irritante demônio de estimação: Taz), Dabura e um outro demônio chamado Ikari.

A surpresa foi que o tal Kaioshin era na verdade um ser maligno e tinha vindo para o mundo dos demônios se tornar um Makaioshin e pedir ajuda de Dabura para completar seus objetivos. Não demorou muito para que eles fossem revelados: Se fundir com o Kaioshin do Oeste, pois segundo ele, se o fruto tivesse apenas caído antes da hora e não se partido em dois, ambos já seriam um ser com poderes inimagináveis como todo Kaioshin prematuro. (É contado também que ele se tornou algo chamado de Makaioshin Jr.).

O Kaioshin do Oeste, ainda que tivesse uma mentalidade um pouco infantil, recusou o pedido, o que causou a ira de Makaioshin Jr. (Este pediu para ser chamado de Makai, pois seu nome era muito grande.) Uma batalha começou ali mesmo, onde Makai se demonstrava superior em força ao Kaioshin do Oeste. Gohan lutava contra Dabura, mas também perdia pois não conseguia liberar sua raiva. Ikari não deixou nenhum outro guerreiro interferir, e se revelou o primeiro cavaleiro demoniaco de Dabura. Acabou com Yamcha, Kibito e Piccolo e um golpe, o que fez com que Kuririn e o Kaioshin do Leste não quisessem interferir. 

A surra de Gohan e Kaioshin só piorava, e em questão de tempo todos estariam mortos. Foi quando os demônios terminaram a luta sem mais nem menos. Segundo eles, deixariam os guerreiros continuarem seu trajeto e pensarem na proposta de formar um ser apenas com Kaioshin do Oeste e Makai. A resposta deveria ser dada ao chegarem no castelo. Obviamente eles tentaram dizer que nunca fariam aquilo, mas foram ignorados e os demônios foram embora. Ao menos agora teriam mais tempo para pensar em como vencer a luta.

O TempoEdit

Piccolo diz à Gohan que talvez sua fúria seja a única coisa que poderá salvá-los, mas Kibito descorda, pois não importando o quão forte fosse Gohan, não seria capaz de lidar com os cavaleiros que ainda estão por vir, Dabura e Makai.

Sobre Makai, o Kaioshin do Leste ainda tenta se iludir ao pensar que Dabura possa estar controlando sua mente de alguma forma, mas para o do Oeste estava tudo muito claro. Começou a ter pequenas lembranças do momento de seu nascimento, em que via Makai indo embora sozinho com todo o ódio em seu rosto. Aquele era um verdadeiro demônio nascido em Kaishin e o mundo dos demônios era seu lugar, mas agora que Dabura tinha a técnica do Inferno Instantâneo e Makai tiha suas ambições de se tornar um ser com ele, nada poderia tirá-los dali. A maneira era encarar de frente esse grande problema.

O Kaioshin do Leste se lembra de uma técnica dos Kaioshins, mas apenas Piccolo seria capaz de aprendê-la pois seria necessária uma grande força piscológica e o único que meditava ali era o Namekuseijin. A forma de aprendê-la era diferente de qualquer outra coisa que haviam visto. Seriam necessários cinco minutos de meditação entre os dois para que entrassem em uma conexão mental e após isso Piccolo deveria seguir o treinamento apenas em sua mente enquanto não medita (essa era a verdadeira prova da técnica do Kaioshin) e somente apenas algum tempo ela estaria pronta.

Foi quando apareceu mais um demônio, alegando que se eles pensavam que ficariam tranquilos no Mundo dos Demônios sem luta alguma, estavam enganados. O quarto cavaleiro demoniaco de Dabura sequer se apresentou, mas aqueles que foram escolhidos para lutar contra ele foram Kuririn e Yamcha, que demonstraram grande dificuldade na luta. Gohan poderia ajudá-los, mas não pôde. Aquilo serviria de treino para os dois humanos, que estavam mesmo precisando.

Depois de golpes sérios e quase morrer, uma combinação do Kienzan e Sokidan enganou o oponente e o transformou em pó. Feito isso e a meditação de Piccolo concluída, eles já podiam partir rumo ao castelo, para ao menos tentar uma revanche. 

O Castelo de DaburaEdit

Após isso, eles puderam ir até o castelo, que era seu destino desde sempre. Piccolo procurava não lutar, pois se concentrar em duas coisas seria exaustivo demais. Se esquecesse do seu treinamento psíquico, falharia em seu treinamento e nunca mais poderia tentar usar aquela técnica, 

O enorme portão se abriu sozinho, de onde sairam dois demônios. Não era nenhum dos que já conheciam, e sim Tsuba e Hana, os cavaleiros número três e dois de Dabura. Se declararam a última prova antes de poder realmente lutar contra o Makaioshin e seus aliados mais próximos. 

A luta foi difícil, pois Gohan ainda não havia mostrado sua raiva e Piccolo não podia lutar. Os dois lutavam em dupla (ataques combinados), o que era um desafio a mais para os Guerreiros Z, mas após Gohan finalizar um deles com um Kamehameha o outro demonstrou não ser nada sem seu parceiro, tentando fugir escondido como um rato. Kibito deu golpe final.

Decidiram não entrar no castelo. Não havia motivo para cavar ainda mais a própria cova, já que em algum momento os demônios teriam que sair do castelo. Esperaram.

O ReencontroEdit

Durante um tempo, nenhum dos grupos se manifestou. Parecia um teste de ambas as partes para saber quem ficaria na desvantagem. Mesmo com a dúvida de que eles poderiam não sair do castelo, os Guerreiros Z não entraram. Seria muito arriscado passar por qualquer tipo de armadilha que poderia haver lá.

Depois de um tempo, os demônios finalmente cederam. Dabura saiu acompanhado de Makai (com Taz) e Ikari. O Makaioshin pergunta se eles já tinham pensado sobre a proposta e a resposta obviamente foi não, o que após um tempo levou ao confronto da mesma forma que antes.

Gohan, mesmo em Super Sayajin era claramente inferior à Dabura. Socos e chutes iam cada vez mais próximos de ferí-lo de uma forma gravíssima. O Makaioshin tenta um cuspe, que o Sayajin desvia mas acaba acertando Kuririn. O mesmo se transforma em pedra. O Kaioshin do Oeste rapidamente leva a estátua de Kuririn para longe, para que ele não fosse quebrado durante a luta.

Yamcha, Kibito e Kaioshin do Leste tentam manter uma luta equilibrada contra Ikari, mas é em vão. O demônio passa por eles e vai direto à Piccolo, que recebe o primeiro soco sem se desconcentrar. Com raiva da reação do oponente, o cavaleiro demoniâco continua atingindo Piccolo soco após soco, que não pode se defender. Antes de um último soco, o Namekuseijin se esquiva e acerta uma forte cabeçada no nariz de Ikari, que rola pelo chão.

Asura demon color by nullzerozew-d5lzavm

Ikari transformado.

Ao se levantar, o demônio vê Piccolo envolto numa aura roxa. É o ShinKen.

Desta vez a luta tem uma reviravolta, Piccolo supera todos os golpes de Ikari. O Namekuseijin joga o oponente para longe e prepara um Light Granade. O demônio, sem alternativas, é pego pelo golpe. Muita fumaça é feita e a dúvida se resta menos um inimigo fica, mas aos poucos, quando a fumaça se dissipa, é possível ver um ser completamente diferente de antes. Ikari havia se transformado.

Enquanto isso, mais uma vez, Makai lutava contra o Kaioshin do Oeste. O demônio fazia provocações e brincadeiras enquanto lutava, o que acabava deixando tudo mais irritante. Depois de muitos ataques físicos que machucaram bastante, Makai lançou uma magia paralizante no Kaioshin. colocou a mão em uma de suas orelhas.

Ao mesmo tempo, a luta de Piccolo estava difícil novamente. O inimigo estava o superando cada vez mais (segundo o Namekuseijin, o demônio tinha a força de Broly ou até mesmo a de Hatchiyack). Ikaria ergueu uma de suas mãos, de onde foi carregada uma energia extramente concentrada. Piccolo já não tinha mais energia, era o fim.

Poucos segundos antes do golpe ser lançado, uma espada cortou um dos braços do demônio. Trunks emergiu e pegou a arma do chão, enquanto seu pai lançou uma esfera de ki em Dabura para afastá-lo de Gohan (o mesmo já estava extremamente machucado. 

A chegada de Trunks e Vegeta talvez trouxesse algum feixe de esperança para os guerreiros, e foi isso que Dabura tentou avisar para Makai. Mas segundo o mesmo, isso não importava mais. Ele mostrou em mãos um brinco que havia acabado de pegar do Kaioshin. 

A FusãoEdit

Vegetrunkss by eddextreme-d4pn0w8

Vegetrunks.

Trunks havia acabado de voltar do futuro para mais uma visita, quando Dende contou à ele sobre o que estava acontecendo. O jovem tentou convencer seu pai, mas foi somente quando a voz de Goku, do Outro Mundo pediu para que ele ajudasse que um pequeno feixe de espírito de luta surgiu em Vegeta. Ambos vieram ao Mundos dos Demônios com uma máquina que Bulma construira. 

Makai colocou um brinco em sua orelha direita, estando o outro já na orelha esquerda do Kaioshin. Seus corpos voaram na mesma direção, se chocando e emitindo um brilho enorme. Após este, ambos tinham se tornado apenas um. Um ser poderosíssimo que tinha características físicas de ambos e um ki tão grande que chegava a doer em quem sentia. 

A pergunta sobre sua personalidade é tida por uns instantes, até o ser utilizar sua enorme velocidade para golpear todos os Guerreiros Z. Ele provavelmente tinha o jeito calmo, mas infantil do Kaioshin e a maldade de Makai. Ele repete o movimento de novo e de novo, simplesmente por gostar de vê-los sofrendo. A raiva de Vegeta percorre seu corpo, mas não há nada que ele possa fazer. 

Dabura comenta sobre como eles sabiam o funcionamento dos brincos (já que era uma novidade até mesmo para o Kaioshin do Leste). Um ferreiro chamado Renchi que estava no Mundo dos Demônios à negócios lhes contou a utilidade dos Brincos Potara e o que Makai deveria fazer para se fundir com o Kaioshin. Por algum motivo, esse ferreiro tinha raiva dos deuses. 

O ser, ainda sem nome carrega uma gigatesca esfera de ki em sua mão na direção dos Guerreiros. Estava tudo perdido, quando Kaioshin do Leste tem uma ideia brilhante. Ele retira seus brincos e os dá para Vegeta e Trunks. Trunks coloca imediatamente na orelha direita, mas Vegeta protesta e tenta reclamar. Enquanto todos imploram para que ele o faça, a gigante bola de energia vem na direção deles. Sem nada a fazer, ele coloca o brinco. Os corpos se chocam ao ir na mesma direção. Nasce Vegetrunks